Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

ENEM

Qual a diferença entre forças intramoleculares e intermoleculares?

Mercado de Trabalho

Como montar o currículo de professor de educação física perfeito

ENEM

Qual a diferença entre forças intramoleculares e intermoleculares?

Por EAD CESMAC em Oct 5, 2022 12:00:00 AM | 4 min de leitura

O conteúdo de forças intramoleculares e intermoleculares aparece com frequência no Enem.

Se você não tem muita facilidade com Ciências da Natureza, essa é uma notícia boa. Afinal, é um conteúdo bem simples de aprender e você consegue resolver várias questões com ele.

Neste artigo, explicamos tudo sobre as forças intramoleculares e intermoleculares e suas diferenças. Fique conosco!

Aqui você vai conferir:
O que são as forças intermoleculares
Os tipos de forças intermoleculares
O que são forças intramoleculares
Os tipos de forças intramoleculares
Qual a diferença entre forças intramoleculares e intermoleculares?
Como estudar química para o Enem?

Descubra os segredos para tirar nota 1000 no ENEM!

O que são as forças intermoleculares


São interações que seguram duas ou mais moléculas diferentes juntas, formando assim uma substância.

Também conhecida como Forças de Van der Waals, esse modelo de ligação química pode funcionar com base na atração ou repulsão das moléculas. Dependendo da polaridade das moléculas, essa ligação pode ser mais ou menos forte.

Elas são responsáveis por provocar propriedades diferentes em compostos químicos, influenciando nos estados físicos, pontos de fusão e de ebulição, a solubilidade, entre outras.

Os tipos de forças intermoleculares

Existem três tipos de forças intermoleculares:

Ligação ou ponte de hidrogênio

É a interação entre moléculas de hidrogênio e elementos eletronegativos e de baixo volume atômico, como oxigênio (O) — um bom exemplo é a molécula da água (H2O) nos estados sólido e líquido — ou nitrogênio (N).

Essa é a força intermolecular considerada mais forte e exerce maior influência nas propriedades físicas das moléculas.

Dipolo induzido

É a interação entre moléculas apolares ou gases nobres.

Conhecida também como Forças de London, essa é uma ligação mais fraca em comparação às outras. Como são polaridades similares, às moléculas se repelem entre as eletrosferas, sendo preciso a indução de um polo de natureza elétrica.

Dois exemplos de ligação nesse estilo são o metano (CH4) e carbônico (CO2).

Dipolo-dipolo

É a interação das moléculas de polo negativo com polo positivo, ocorrendo somente em substâncias polares.

Os elétrons não são divididos simetricamente, então, o elemento mais eletronegativo atrai os elétrons para si e preserva os polos diferentes.

Conhecida também como dipolo permanente, a ligação tem uma força intermolecular média. O clorídrico (HCl) e dióxido de enxofre (SO2) são dois exemplos desse tipo de força.

>>> Leia também: Como ler a tabela periódica [Química no Enem]

forças intramoleculares e intermoleculares

O que são forças intramoleculares

São interações no interior da célula. Elas ligam os átomos e formam novas moléculas ou compostos. Nessas ligações, as interações elétricas prevalecem devido à presença dos cátions e ânions.

Os tipos de forças intramoleculares

Conheça os principais tipos de forças intramoleculares:

Ligação iônica

É a atração entre íons de cargas distintas (+ ou -).

Para ocorrer, os átomos dos elementos químicos precisam ter a tendência a ganhar ou perder elétrons. Por isso, essa força intramolecular ocorre entre um metal e ametal e entre um metal e o hidrogênio.

Os compostos químicos dessa ligação possuem algumas características em comum, como:

  • serem sólidos à temperatura ambiente;
  • serem solúveis em água;
  • possuírem brilho;
  • conduzirem corrente.

Ligação covalente

É interação entre átomos que compartilham elétrons para manterem a estabilidade, sendo comum entre átomos de hidrogênio, ametais e semimetais.

Uma das características desse tipo de força intramolecular é a presença de oito elétrons na sua camada de valência.

Além disso, a maioria dos compostos formados possuem pontos de ebulição e fusão baixos e não solubilizam bem em água — ao contrário dos compostos iônicos.

Metálica

É a interação entre átomos de elementos metálicos, ocorrendo, portanto, exclusivamente entre metais.

Existem algumas características marcantes nesse tipo de força intramolecular:

  • Maleabilidade: é possível moldar com facilidade.
  • Condutibilidade: conduz bem calor e eletricidade.
  • Ductilidade: pode produzir fios.

>>> Leia também: A evolução dos modelos atômicos [Química no Enem]

Qual a diferença entre forças intramoleculares e intermoleculares?

Afinal, qual é a diferença entre forças intramoleculares e intermoleculares?

É simples: as forças intramoleculares ocorrem no interior das moléculas, ou seja, entre os átomos, enquanto as intermoleculares acontecem entre as moléculas.

A força intramolecular é mais forte do que a força intermolecular.

Use sua nota do ENEM para ganhar uma bolsa de estudos!

Como estudar química para o Enem?


Forças intramoleculares e intermoleculares são apenas um assunto de química para o Enem, ainda tem outros. Confira algumas dicas de como se preparar para essas questões:

Estude o conteúdo que mais cai

O conteúdo de química é bem grande, então, se você está com pouco tempo para estudar, foque nos assuntos que mais caem:

Treine e treine mais

Assim como qualquer outra matéria , a química exige de bastante treino. Por isso, sempre pratique e faça questões das mais simples às avançadas.

Revise o conteúdo

Após dominar o assunto, sempre procure revisar para não esquecer. Se possível, crie um resumo pequeno e o revisite periodicamente.

E, claro, sempre que quiser, volte nesse artigo para relembrar forças intramoleculares e intermoleculares.

>>> Leia mais: O que é decaimento radioativo [Química no Enem]

ENEM

Veja mais conteúdos sobre EAD e educação

As reações explicadas pela cinética química [Química no Enem]

Está se preparando para a prova de Ciências da Natureza do Enem? Não esqueça de incluir no seu roteiro de estudos a ...
7 min de leitura

O que falar em uma redação sobre racismo?

O que você escreveria em uma redação sobre racismo no Enem? Esse é um tema bem abrangente, então, você pode ter ...
7 min de leitura

Processos de separação de misturas homogêneas e heterogêneas [Química no Enem]

Os processos de separação de misturas homogêneas e heterogêneas estão entre os principais assuntos da prova de Ciências ...
5 min de leitura
Ver mais conteúdossobre ENEM