<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Cursos EAD CESMAC

Gestão Ambiental: o que faz, salário e carreira

Mercado de Trabalho

Como funciona o período de experiência, de acordo com a CLT

Cursos EAD CESMAC

Gestão Ambiental: o que faz, salário e carreira

Por EAD CESMAC em Oct 21, 2021 1:34:04 PM | 8 min de leitura

Você já pensou em cursar Gestão Ambiental?

Se você se interessa por temas como sustentabilidade e preservação do meio ambiente, essa pode ser a carreira certa para você!

A graduação em Gestão Ambiental une conhecimentos de administração e meio ambiente para potencializar o desenvolvimento sustentável de diferentes perfis de organizações. 

Com o avanço dos problemas climáticos, decorrentes da exploração indiscriminada dos recursos naturais, a sustentabilidade vem se tornando um assunto cada mais relevante para a sociedade.

Afinal, o futuro da humanidade e de todas especiais animais e botânicas dependem de uma mudança de comportamento e posição em relação à natureza. 

Com essa crescente preocupação com o meio ambiente, a área de gestão ambiental vem se consolidando como uma das importantes da atualidade, sendo também uma carreira profissional muito promissora. 

Neste artigo, falaremos mais sobre o curso e o mercado de trabalho na área de gestão ambiental. 

Fique conosco e descubra se essa é a profissão certa para você!

Confira: 
O que é gestão ambiental 
Gestão Ambiental: carreira do futuro
Como trabalhar com gestão ambiental 
Mercado de trabalho para o tecnólogo em gestão ambiental 
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que é gestão ambiental 

Gestão ambiental é uma área do conhecimento que concentra seus estudos no uso inteligente dos recursos naturais, buscando equilibrar os interesses empresariais e as necessidades ecológicas.

O objetivo dessa atividade é reduzir os impactos ambientais e proporcionar um desenvolvimento mais sustentável para empresas e organizações de todos os ramos. 

Ou seja, podemos dizer que a gestão ambiental utiliza métodos e práticas de administração para reduzir os impactos ambientais.

Essa é uma área importante porque os processos produtivos e operacionais de muitas empresas podem ser nocivos à natureza.

Dessa forma, surge o importante desafio de aliar interesses e realizar as atividades do negócio com o menor impacto ambiental possível.

O profissional responsável por isso é chamado de gestor ambiental. 

Abaixo, apresentamos os principais funções e objetivos do campo da gestão ambiental:

  • Propor uma exploração sustentável e consciente dos recursos naturais, buscando estabelecer um equilíbrio entre as práticas humanas e o meio ambiente.
  • Realizar um diagnóstico dos impactos das atividades no meio ambiente.
  • Garantir que todas as leis relacionadas ao meio ambiente e sua preservação estejam sendo cumpridas. 
  • Identificar e utilizar métodos e práticas que preservem ou reduzam os impactos à biodiversidade existente nos diferentes ecossistemas.
  • Fazer o uso consciente e sustentável dos recursos naturais dentro da indústria e dos processos produtivos.
  • Implementar sistemas de reciclagem buscando reduzir o impacto à natureza e otimizar o uso dos recursos.
  • Adotar sistemas e práticas que garantem a não poluição, como o sistema de carbono zero.
  • Desenvolver programas de pós-consumo, com o intuito de retirar do meio ambiente produtos, peças ou materiais que possam contaminar as águas e o solo. 
  • Promover cursos sobre meio ambiente e sustentabilidade junto aos colaboradores, funcionários e fornecedores de uma empresa.

Gestão Ambiental: carreira do futuro

Efeito estufa, extinção de espécies, inundações, erosões, poluição, mudanças climáticas, destruição da camada de ozônio, diminuição dos mananciais e chuva ácida são alguns dos principais impactos ambientais causados pela humanidade. 

Esses problemas são consequências de diversas ações do homem, mas estão especialmente relacionados aos processos produtivos das indústrias. 

Desde os primórdios da humanidade, o meio ambiente é afetado pelas atividade do homem.

Contudo, foi com a Revolução Industrial, e as mudanças provocadas pela aceleração produtiva desordenada, que se acentuaram os impactos sobre o meio ambiente. 

Por muito tempo, o modo de produção e consumo da humanidade fez uso indiscriminado dos recursos naturais, sendo comum até poucas décadas atrás que as empresas jogassem seus resíduos no solo e nos rios, por exemplo.

No entanto, a sociedade, os Estados e a comunidade científica tomou consciência sobre as consequências da exploração do meio ambiente, passando a traçar junto aos governos e entidades públicas estratégias para diminuir os efeitos da ação humana.

Nesse contexto, foram realizados diversos tratados e conferências internacionais que tiveram como pauta a preservação do meio ambiente. A Conferência de Estocolmo, a ECO-92, o Protocolo de Kyoto e a Rio +10 são algumas das principais. 

Diversas legislações sobre a temática também surgiram nas últimas décadas, demonstrando a forte preocupação da sociedade com a questão ambiental. 

Ou seja, a preocupação com o meio ambiente nunca foi tão grande quanto nos dias atuais, sendo normal que ela atravesse diversos setores da sociedade, como educação, saúde e universo empresarial e industrial.

Diante desse cenário, a área de gestão ambiental tem um protagonismo grande. Afinal, ela é responsável por aliar os interesses corporativos com as questões ecológicas. 

Abaixo, citamos os principais benefícios que a área de gestão ambiental traz para o contexto empresarial:

  • Redução de custos: empresas que têm boas práticas de Gestão Ambiental passam a evitar desperdícios e a reutilizar materiais que, até então, eram descartados. Além disso, os gastos com multas também diminuem, já que a empresa deixa de sofrer por descumprir leis ambientais. 
  • Aceitação do público: cada vez mais, os consumidores querem saber a origem daquilo que estão comprando. Querem conhecer a marca, ficar por dentro de seus ideais e compreender se ela contribui com o meio ambiente ou se prejudica a natureza de alguma forma.
  • Melhoria das relações comerciais: atualmente, corporações de todos os portes dão preferência para fazer negócios com empresas que priorizem a gestão ambiental. Por isso, a adoção desse modelo de administração contribui para a melhoria das relações comerciais.

Como trabalhar com gestão ambiental 

gestao-ambiental - homem segurando prancheta em meio a natureza

Agora que você já sabe o que é e a importância da área de gestão ambiental, vamos explicar o que fazer para trabalhar na área. 

O melhor caminho para atuar nesse campo é fazer uma graduação. Atualmente, o curso mais completo que existe sobre o assunto é o tecnólogo em Gestão Ambiental

Como funciona o curso de tecnólogo em Gestão Ambiental 

O tecnólogo é um tipo de curso de nível superior, assim como o bacharelado e a licenciatura

A diferença é que esse tipo de graduação é mais voltado para um segmento específico do mercado de trabalho. Ou seja, é uma formação mais especializada. 

Durante o tecnólogo em Gestão Ambiental, o estudante aprende os principais conceitos a respeito da biodiversidade, conservação, climatologia, ecologia, recursos hídricos, preservação do solo, descarte de resíduos, reciclagem, entre outros assuntos relacionados ao meio ambiente. 

Ele também compreende como relacionar tais conhecimentos com as práticas administrativas de auditoria, certificação, gestão de riscos ambientais, gestão de projetos e avaliação de impactos. 

Planejamento, assessoria e educação ambiental e sustentável também são focos de atuação trabalhados no curso. 

Qual a duração do curso de tecnólogo em Gestão Ambiental? 

Esse curso tem duração de 2 anos.

Quais são as disciplinas do tecnólogo em Gestão Ambiental?

A grade curricular do curso de Gestão Ambiental varia de acordo com a instituição de ensino. 

Abaixo, apresentamos as principais matérias trabalhadas no tecnólogo em Gestão Ambiental do EAD CESMAC:

  • Fundamentos da Administração
  • Química Ambiental
  • Administração Estratégica
  • Métodos Quantitativos Estatísticos
  • Recursos Hídricos e Drenagem Urbana
  • Direito e Legislação Ambiental
  • Microbiologia Ambiental 
  • Planejamento Urbano e Ambiental
  • Sistemas de Tratamento e Abastecimento
  • Avaliação dos Impactos Ambientais
  • Gestão de Recursos Ambientais

Em quais modalidades é possível cursar o tecnólogo em Gestão Ambiental?

É possível encontrar esse curso nas modalidades presencial, semipresencial e EAD.

Na modalidade presencial, as aulas acontecem no campus da universidade, com professores e alunos reunidos em um mesmo espaço físico. 

No EAD, todas as aulas são realizadas de forma online, no ambiente virtual. Ou seja, não existe a necessidade ir até o polo da universidade para assistir às aulas, o que proporciona maior flexibilidade de horários.  

Já o semipresencial, é um modelo misto, reunindo encontros presenciais com aulas EAD.

Os três modelos oferecem a mesma qualificação e diploma ao final do curso. 

Mercado de trabalho para o tecnólogo em Gestão Ambiental 

A crescente preocupação com o meio ambiente e a busca por um desenvolvimento mais sustentável aquecem o mercado de trabalho para os formados em Gestão Ambiental. 

O trabalho deste profissional é o de elaborar estratégias para garantir que as empresas façam uso racional dos recursos naturais, evitem a degradação e cumpram a lei ambiental.

Órgãos públicos, empresas, indústrias, fazendas e agroindústrias são os principais empregadores. 

Outras possibilidades estão em abrir o próprio negócio de consultoria ambiental ou de soluções sustentáveis, ou atuar em organizações não governamentais com foco na conservação do meio ambiente.

Piso salarial do tecnólogo em gestão ambiental 

De acordo com levantamento do site de empregos  Catho, os salários médios de funções exercidas pelo gestor ambiental são os seguintes:

  • Consultor ambiental – R$3.993,31
  • Analista de sustentabilidade – R$3.774,26
  • Auditor sistema de gestão ambiental – R$2.365,41
  • Coordenador de meio ambiente – R$5.542,84
  • Coordenador de sustentabilidade – R$5.333,22

Já na pesquisa do Site Nacional de Empregos (Sine), feita com base em 5.266 funcionários da área, os salários médios são:

  • Trainee

Pequena empresa: R$ 3.321,21

Média empresa: R$ 4.981,81

Grande empresa: R$ 7.472,72

  • Júnior

Pequena empresa: R$ 4.317,57

Média empresa: R$ 6.476,35

Grande empresa: R$ 9.714,53

  • Pleno

Pequena empresa: R$ 5.612,84

Média empresa: R$ 8.419,26

Grande empresa: R$ 12.628,89

  • Sênior

Pequena empresa: R$ 7.296,69

Média empresa: R$ 10.945,04

Grande empresa: R$ 16.417,56

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre gestão ambiental, trazendo informações sobre os estudos e mercado de trabalho na área. 

Se você se interessou pelo tecnólogo na área, venha conhecer o curso de Gestão Ambiental da EAD CESMAC. Temos condições de bolsas de estudos imperdíveis!

Comece hoje mesmo trilhando seu caminho na área de gestão ambiental.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Cursos EAD CESMAC

Veja mais conteúdos sobre EAD e educação

Vida de Vestibulando: 7 fatos que ninguém te conta

A vida de um vestibulando não é nada fácil! 
9 min de leitura

Engenharia agronômica: as oportunidades de carreira no agronegócio

Na hora de escolher a área de formação, muitas pessoas se deparam com uma dúvida. Afinal, o que é engenharia ...
22 min de leitura

Faculdade de Engenharia de Produção: estudos e mercado de trabalho

Você já pensou em fazer faculdade de Engenharia de Produção?
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos EAD CESMAC