<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=2736481836612313&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Cursos EAD CESMAC

Saiba agora como funciona o curso de Engenharia Elétrica EAD

Mercado de Trabalho

Como funciona o período de experiência, de acordo com a CLT

Cursos EAD CESMAC

Saiba agora como funciona o curso de Engenharia Elétrica EAD

Por EAD CESMAC em Jun 19, 2020 12:00:00 AM | 9 min de leitura

Saiba agora como funciona o curso de Engenharia Elétrica EAD

 

Você sabia que os cursos de engenharia também são ofertados no modelo de ensino a distância (EAD)? Um desses cursos é o de Engenharia Elétrica EAD e vamos explicar tudo sobre ele neste texto.

Com o crescimento e a alta demanda das carreiras relacionadas à tecnologia, fontes de energia e infraestrutura, os cursos de engenharia ganharam grande destaque nos últimos anos. Por isso, tem sido uma das carreiras mais buscadas, com um grande número de estudantes interessados.

Essa alta demanda faz com que o mercado fique cada vez mais rico em vagas, aumentando o valor desse profissional e também o seu salário, sendo este um dos vários motivos que levam os cursos de engenharia a serem tão procurados.

Uma das carreiras buscadas dentro dessa área é o curso de Engenharia Elétrica. O engenheiro elétrico tem sido considerado uma das profissões do futuro, e que vem vindo de contramão às crises.

E, para tornar ainda mais fácil o caminho do engenheiro elétrico, as universidades começaram a ofertar cursos de engenharia elétrica a distância. Dessa forma, o profissional aprende mais, com mais liberdade, sem deixar a prática do mercado de lado.

Mas você conhece essa profissão, o que ela faz e quais são as suas perspectivas para o futuro? Não? Então não se preocupe, neste artigo vamos contar tudo sobre o curso de engenharia elétrica EAD e de tudo que o mercado espera, incluindo as diferentes formas de atuação, as habilidades e o salário.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O curso de Engenharia Elétrica EAD

O curso de Engenharia Elétrica EAD possui um conhecimento teórico bastante profundo, mas também requer o ensino prático para a conclusão. Por isso, esse curso é ofertado de forma semipresencial.

Isto é, as aulas teóricas são feitas na modalidade a distância, enquanto as aulas práticas e laboratoriais ocorrem de forma presencial. Dessa forma, o aluno terá a experiência completa, sem perder a liberdade e a flexibilidade do ensino EAD, mas também com as atividades práticas importantes para seu futuro no mercado de trabalho.

Entenda melhor, como são as aulas teóricas e as práticas.

Parte teórica

As aulas teóricas feitas de forma EAD são disponibilizadas em vídeo, com exercícios, livros e trabalhos, tudo de forma online, por meio de uma plataforma de aprendizagem que o estudante terá acesso. As aulas e os exercícios geralmente possuem datas limites para serem feitas, e a recomendação é nunca deixar para a última hora.

Para essa parte do curso, sempre separe um tempo livre para assistir as vídeo aulas e fazer as anotações necessárias. Estude suas anotações, faça os exercícios e trabalhos de forma tranquila e no seu tempo. No ensino EAD, quem faz o ritmo das aulas online é o aluno, e, por isso, é preciso ficar atento para não relaxar e nem perder o foco.

Dentre alguns exemplos de aula teórica que poderão ser feitas de forma online no curso de Engenharia Elétrica EAD, podemos citar cálculo, física, geometria analítica, eletromagnetismo, desenho técnico, algoritmo, telecomunicações, entre muitas outras.

Parte Prática

Já quando falamos na parte prática do curso, ela é feita de forma presencial. As aulas práticas são marcadas no campus ou polo de apoio presencial da instituição e podem ser semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. Isso varia conforme a universidade e também pode mudar no decorrer do curso.

Dessa forma, é ideal que você escolha uma faculdade que tenha uma boa estrutura para receber as aulas presenciais e que não seja muito longe, pois a presença nesses encontros é obrigatório.

Essa experiência semipresencial na faculdade é extremamente importante para sua formação. Você terá todo o conhecimento aplicado, e é o que o mercado de trabalho mais valoriza em um profissional, mesmo em recém formados.

A aplicação do conhecimento vai enriquecer ainda mais o seu currículo, além de ampliar a sua noção da profissão, e já te dar um gostinho de como é a atuação profissional.

Mas para fazer a atuação prática presencial ser o mais produtiva possível, você deve se dedicar também na fase teórica EAD do seu curso. A teoria é quem sempre ajuda na prática técnica, e, dessa forma, é indicado que você estude e absorva a parte teórica do curso.

Com ambas as partes, teórica e prática, feitas de forma completa, você ganha ainda mais proficiência na sua profissão. Isso te ajuda na hora de buscar um estágio e até mesmo um emprego durante o curso! Dessa forma, você tem a experiência completa do curso e sai preparado para atuar onde desejar!

O que faz o engenheiro elétrico

A energia elétrica é algo considerado fundamental, certo? Desde uma simples casa até empresas, escritórios, escolas e indústrias, a energia elétrica é necessária por tudo que fazemos. Seja no trabalho, no lazer, no passeio ou em casa, a energia elétrica é tão essencial que por vezes não conseguimos nos imaginar sem ela.

Mas você sabia que o principal responsável por manter esse funcionamento da energia elétrica é o engenheiro elétrico? Ele fica a cargo de planejar a distribuição, pesquisar fontes, projetar circuitos elétricos, atuar em projetos, entre muitas outras funções desse profissional.

Hoje em dia, a quantidade de áreas que lidam diretamente com sistemas elétricos, geração de energia é enorme. Por isso, esse profissional poderá atuar em diferentes ramos de mercado, optando por especializações muito variadas.

Por exemplo, na engenharia civil, na hora de construir uma casa, um prédio ou uma indústria, o engenheiro elétrico é essencial no planejamento dos sistemas elétricos e dos circuitos.

          Já na tecnologia, o engenheiro elétrico poderá pesquisar novas formas de fornecimento de energia, novas fontes de energia renováveis ou não-renováveis, todo o potencial e a aplicação dessa energia.

Nos sistemas de automação, o engenheiro elétrico poderá desenvolver novos sistemas, atuando junto com a equipe de tecnologia, robótica e programação.

Na área de pesquisa, esse profissional é muito buscado para atuar pesquisando novas fontes de energia, ampliando o poder dessas fontes e trazendo ainda mais progresso e inovação.

Até mesmo na indústria automobilística! Com o surgimento de carros movidos à energia elétrica e energia solar, esse profissional será essencial na hora de planejar, inovar, resolver problemas e buscar saídas para a melhor utilização da energia.

Esses foram apenas alguns exemplos de atuação. Esse profissional pode ir muito além, principalmente com o avanço da tecnologia e da pesquisa. Dessa forma, essa profissão só tende a crescer e se tornar cada vez mais valorizada.

engenheiro3

Mercado de trabalho em engenharia elétrica

Você sabia que, em apenas dois anos, a capacidade de energia solar do Brasil avançou mais de 10 vezes? E esse é apenas um dado de uma forma de energia. Com o avanço da tecnologia, o surgimento de novas necessidades, as pesquisas avançando cada vez mais, esse crescimento se expande cada vez mais para outras formas de inovação!

Além disso, o país está sempre em constante crescimento e desenvolvimento populacional, urbano e industrial. Quanto mais as cidades se expandirem, mais necessários serão os engenheiros elétricos capacitados em fornecimento de energia. Eles vão cuidar para que o abastecimento permaneça constante mesmo com o crescimento populacional.

Também citamos no tópico anterior a necessidade cada vez maior de profissionais de engenharia elétrica em outros setores. Com o desenvolvimento da tecnologia, a energia elétrica estará presente em lugares que não imaginávamos antes, como em carros, meios de transportes em massa, em sistemas automatizados, e até mesmo na agropecuária.

Ainda, há a possibilidade de surgir novos meios que ainda não conhecemos, por isso, esse profissional será cada dia mais valorizado no mercado de trabalho.

Dessa forma, essa profissão sem dúvida desponta como uma das principais profissões do futuro. Quanto mais as sociedades avançarem em população, em tecnologia e inovação, mais os engenheiros serão necessários, podendo ser considerados peças principais dessas inovações e pavimentando a trilha em direção ao futuro!

Salário do Engenheiro Eletricista

O profissional de engenharia elétrica pode seguir por diversas carreiras, desde a pesquisa, a docência ou a atuação plena de engenheiro eletricista. Em todos os casos, o salário do formado em Engenharia Elétrica EAD é um dos mais bem valorizados.

Estima-se que o salário do engenheiro é, em média, R$ 7.499,43, podendo chegar a até R$ 18.413,88 no teto salarial, acrescentando experiência, atuação, especialização, entre outros.

Já o engenheiro recém formado, estima-se que comece a atuação com um salário de R$ 5.473,94 mensais para uma jornada de 40 horas semanais.

Claro que esse valor pode variar de cidade para cidade, sendo geralmente maior em grandes capitais e centros metropolitanos. Mas a variação não é grande, e isso faz com que esse profissional seja um dos mais bem remunerados do país.

E não é à toa. Ele irá necessitar de uma carga bastante alta de conhecimento técnico, específico e prático, tudo para conseguir atuar com todas as suas habilidades. Porque apesar de ser uma área bem valorizada, ela exige profissionais capacitados e que sempre busquem se atualizar. Portanto, não poupe o cérebro na hora de estudar intensamente nesse curso!

young-businessman-working-with-computer-remotely_1328-3388

Onde estudar Engenharia Elétrica EAD

Como já evidenciamos, a engenharia elétrica EAD é um curso que tem por objetivo desenvolver habilidades e conhecimentos bastante específicos. Dessa forma, é imprescindível que você escolha uma instituição que tenha renome, com professores mestres e doutores. Dessa forma, você garante que possa tirar o melhor aproveitamento possível do seu curso.

Além disso, esse curso poderá contar com algumas matérias práticas. Por isso, mesmo você se inscrevendo na modalidade EAD, é possível que você precise ir até a instituição para aulas presenciais importantes.

O indicado é que você escolha uma instituição que seja próxima da sua casa, e que tenha a estrutura necessária para as aulas práticas e laboratoriais. Esses encontros também serão de extrema importância na hora de adquirir experiência na profissão, algo muito valorizado pelo mercado de trabalho!

Nessas aulas presenciais, você pode aproveitar para fazer o networking, ou seja, conhecer pessoas novas, se inteirando do mercado, interagindo e trocando experiências com professores, colegas e outras pessoas que possam ajudá-lo na sua carreira. Isso faz com que você possa terminar o curso já cheio de contatos novos que poderão te ajudar muito no futuro.

Com isso, mesmo se inscrevendo no curso de engenharia elétrica a distância, não há nada que você perca por isso. As aulas presenciais lhe trarão experiência, enquanto as aulas online te beneficiam na liberdade e na flexibilidade. Mas claro, sempre será necessário muito comprometimento, automotivação e foco para fazer esse curso EAD.

Como ingressar em Engenharia Elétrica EAD

Até aqui, você aprendeu tudo sobre o curso de engenharia elétrica EAD, as matérias, sobre o mercado de trabalho nessa área e sobre todas as possibilidades. Mas qual a melhor forma de ingressar no curso de engenharia elétrica EAD? Confira algumas opções.

Uma das formas é por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que é aceito como forma de ingresso em muitas universidade públicas e particulares. Entenda que esta é uma graduação considerada bastante concorrida, por isso, vale a pena se dedicar e se preparar para a prova, já que uma pontuação mínima pode ser exigida.

Algumas instituições particulares podem aceitar o ENEM até de quatro anos anteriores, se tornando uma facilidade a mais para quem busca começar a estudar de imediato.

Além disso, também é possível se inscrever no vestibular para esse curso. No caso dos cursos EAD, essas provas podem ser anuais, semestrais ou então agendadas. Em todo caso, observe a concorrência para se preparar adequadamente para o vestibular.

Agora, se você busca uma bolsa de estudos, você pode considerar fazer o ENEM e se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferta bolsas integrais e parciais para os cursos de engenharia elétrica EAD.

Outra opção para ingressar em universidades particulares são os programas de financiamento estudantil, como o FIES, que oferece condições facilitadas de pagamento.

Basta então escolher a forma que você acha mais fácil ou que mais se adapta às suas necessidades. E não se esqueça de se preparar bem antes das provas!

A profissão de engenheiro eletricista tem tudo para ser uma das profissões mais valorizadas no futuro! O trabalho constante com tecnologia, inovação e novas fontes de energia promete levar essa carreira a um novo patamar.

Além disso, esse profissional já sai da faculdade com uma perspectiva de salário bem alto para a média brasileira, e é um curso que vale muito a pena investir. Por isso, não poupe esforços se você tem vontade de trabalhar nessa área. Entre de cabeça e dê o melhor de si!

Depois desse artigo, aposto que você vai querer entrar de uma vez por todas nessa profissão! Está em busca de um curso de Engenharia Elétrica EAD que tenha o melhor em ensino, suporte completo e de uma instituição reconhecida nacionalmente?

O curso de Engenharia Elétrica Semipresencial do CESMAC é a escolha certa para você. Conheça agora!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Cursos EAD CESMAC

Veja mais conteúdos sobre EAD e educação

Vida de Vestibulando: 7 fatos que ninguém te conta

A vida de um vestibulando não é nada fácil! 
9 min de leitura

Engenharia agronômica: as oportunidades de carreira no agronegócio

Na hora de escolher a área de formação, muitas pessoas se deparam com uma dúvida. Afinal, o que é engenharia ...
22 min de leitura

Faculdade de Engenharia de Produção: estudos e mercado de trabalho

Você já pensou em fazer faculdade de Engenharia de Produção?
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos EAD CESMAC